Médico do CHULN vence Prémio Maria de Sousa

quarta-feira, 24 novembro 2021 10:30

Pedro Marques, médico e investigador do Serviço de Endocrinologia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, é um dos vencedores da primeira edição dos prémios Maria de Sousa, entregues nesta quarta-feira, 24 de Novembro. O médico do Hospital de Santa Maria vai receber uma bolsa para investigar o papel e a utilidade de duas substâncias no microambiente dos tumores hipofisários, as quimiocinas CCL2 e IL-8, no diagnóstico e tratamento da doença. Os tumores hipofisários são tumores benignos da hipófise, glândula situada na base do crânio que controla grande parte da atividade hormonal do organismo. Parabéns por este importante reconhecimento!

Em declarações ao Público, Pedro Marques, de 36 anos, adianta que quer explorar o papel das duas substâncias na interação entre as células tumorais e as células do sistema imunitário que existem nesses tumores, assim como se influenciam mecanismos como o crescimento e invasão tumoral ou podem contribuir para uma maior agressividade biológica ou maior resistência ao tratamento. Durante o estudo, o investigador vai analisar em modelos celulares in vitro as interações entre células tumorais e as imunitárias

O médico do CHULN acrescenta que quer aprofundar o conhecimento de mecanismos subjacentes aos tumores hipofisários, assim como identificar, por exemplo, biomarcadores para diagnóstico. “Por outro lado, pretende-se identificar novos marcadores terapêuticos no domínio da imunoterapia, potencialmente úteis para o tratamento de doentes com tumores hipofisários”, conclui Pedro Marques.

O Prémio Maria de Sousa presta homenagem à importante imunologista portuguesa, que morreu no ano passado vítima da Covid-19, e visa galardoar e apoiar até cinco jovens investigadores portugueses, com idade igual ou inferior a 35 anos, em projetos de investigação na área das Ciências da Saúde, incluindo um estágio num centro internacional de excelência.